quinta-feira, 30 de março de 2017

Ah, esse país chamado Brasil



HOJE, pra quem não sabe, um presidiário custa 13 vezes mais do que uma criança na escola no nosso país.
Vamos, lá repetindo, TREZE VEZES MAIS custa um presidiário do que um aluno em sala de aula.
Estou louca ou educar vale menos e prender um cidadão custa mais aos nossos cofres?
Acabei de ter uma sobrinha e a ponto de ter um filho, posso tentar ser otimista?
EDUCAÇÃO é a saída ou o fim?
Ensinar um jovem a ser cidadão é saída ou perda de tempo?
Ah! Não queiram me convencer que educar vale menos do que repreender.
Não existe político preso que não tenha tido acesso a boas escolas, faculdades e graduações.
Sim, eles tiveram e ainda têm todas as possibilidades possíveis.
Isso é lamentável.
É assustador.
Fazemos faculdade em prol de uma cela pelo bem de um nível superior?
Quanta tristeza.
As grandes universidades são públicas.
Não deveriam ser elas disponibilizadas aos que estudaram e se graduaram através de escolas públicas?
Isso merece ser repensado.
Vamos entender que as cotas somaram.
Sim, somaram.
Porém não está aí a solução.
Precisamos entender que aqueles que trabalham em grandes empresas, com grandes cargos, são aqueles que decidem o futuro do nosso país.
Ora bolas, não tentem nos enganar.
Nem venham nos falar sobre prisão domiciliar.
Preso rico deveria pagar por suas estadias nas prisões.
Claro.
Óbvio.
Quem rouba, deve ressarcir.
Mesmo que seja devolvendo com pão dormido.
Aliás, tem muita gente precisando de um pão dormido pra seguir em frente.
Que assim seja.
No mais, Brasil, estou de mal com você.
Por quê?
Porque está tudo errado.
Sem mais,
Sylvia

Nenhum comentário:

Postar um comentário